TESTE OXICATALISADOR DALGAS Equipamento Tipo/Marca: MSI-200

 

CARGA REATORA                                      

ATENDEM OS PADRÕES SEGURAÇA     

DOS USA (ESTADOS UNIDOS)               

 

 

 

DADOS GERAIS

 

Monitorado: CB Richard Ellis | São Paulo | Management Services
Odebrecht - Edifício Villa Lobos Av. Das Nações Unidas, 4777 – 4º andar

São Paulo – SP CEP 05477-000 Tel: 11 3025-7490

 

Local de Amostragem: no orifício  pré catalisador e pós catalisador do corpo do Oxicatalisador

 

Instalado em Motor Scania DC12 (com aprox. 15 anos)

 

Nome do Funcionário: Edgar Henrique | Assistente Administrativo |

eholiveira@oec.com.br

Temperatura/Umidade: 25ºC

Oxigênio Referencial: 5%

Responsável pela Amostragem: Eng. Christian Dalgas Frisch

Data/Horário da Amostragem: 29/09/2011 de 10h 00 min à 10h

Equipamento Tipo/ Marca: Draeger MSI 200

 

Calibração: 19/04/2010

 

 

CONCLUSÃO:

 

Os dados dos monitoramentos foram comparados com os Padrões de Emissões Atmosféricas dispostos na Resolução SEMA 054/2006.

As medições de gases no motor Scania DC12 a seguir apresentam o equipamento monitorado, o resultado médio do monitoramento, a porcentagem de conversão (%) e o atendimento a Resolução:

Tabela 1: Equipamentos monitorados, resultados, padrão de emissão e o atendimento a Resolução:

 

HC = Hidrocarbonetos                                 CO = Monóxido de Carbono

ppm = partes por milhão                            % = porcentagem volumétrica

 

JUSTIFICATIVA DE RESULTADOS :

 

Durante o monitoramento realizado constatou-se que o Oxicatalisador é um acessório que reduz a poluição, ele diminui os padrões de emissões atmosféricas dispostos na Resolução SEMA 054/06.

Devido a monitoramento e regular manutenção preventiva e corretiva realizada pela Odebrecht no GMG da CBRE  foi possível adequar o Oxicatalisador Platina (Pt)/ Paladio (Pd) marca Dalgas, melhor tecnologia prática disponível no mercado para o controle de fumaça preta e eliminar a massa remanescente, dos gases tóxicos, não queimados na combustão interna do motor em até:

RELÁTORIO DE ENSAIO nº 759/11

© 2016 Por Cristiano Santos. Orgulhosamente criado na agência Cripcom